A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Modelo de Gestão
Tamanho da letra

O modelo de gestão ambiental da Itaipu tem quatro fundamentos:

1. A Gestão Ambiental adota os procedimentos e metodologia da norma NBR ISO 14001, porém, sem visar a certificação. Trata-se de uma metodologia reconhecida e consolidada internacionalmente, que contém princípios da qualidade, como o ciclo PDCA (Planejamento, Execução, Verificação e Análise Crítica, e Revisões) e o levantamento e ações corretivas para as causas dos impactos ambientais significativos.

2. A Gestão da Informação Territorial coleta, organiza e fornece informações territoriais para o uso de vários níveis gerenciais e equipes de programas da Itaipu e demais co-usuários das águas. Esta gestão baseia-se na estruturação de um Cadastro Técnico Multifinalitário, que compatibiliza os bancos de dados, o geoprocessamento, a infra-estrutura de informática e os recursos da cartografia temática. Atualmente, esta tarefa está a cargo do Sistema de Informações Geográficas Sig@ Livre, um software livre desenvolvido em parceria por Itaipu e pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

3. A Gestão Participativa promove a participação de colaboradores, funcionários, parceiros e comunidade em programas, planos ou projetos de natureza interdisciplinar. A organização e operação deste processo são feitas por meio de Comitês Gestores, que passam a gerir as iniciativas de forma conjunta e participativa, com apoio de aproximadamente 2,2 mil parceiros (prefeituras, ONG’s, órgãos públicos federais e estaduais, cooperativas, associações, assentamentos de trabalhadores rurais etc), distribuídos em comitês de microbacias.

4. A Gestão por Programas possibilita o acompanhamento das iniciativas socioambientais por meio de uma estrutura matricial desenvolvida pela Sala de Projetos, instalada em Curitiba. Técnicos da Itaipu seguem o Planejamento Estratégico da empresa dentro do trabalho de monitoramento dos programas e projetos.

Dentro do manejo conservacionista, as iniciativas socioambientais dividem-se em ações coletivas, voltadas uma comunidade específica; ações individuais, dirigidas para uma determinada propriedade; e ações oferecidas a municípios e comunidades para serem implantados de acordo com a realidade, o interesse e a disponibilidade locais.

Saiba mais sobre a forma de gestão do programa Cultivando Água Boa AQUI.
 

Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.