A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Gestão Territorial
Tamanho da letra

O desconhecimento do território de influência impediria a solução ou indicação eficiente de alternativas para correção de passivos ambientais.

No caso da Itaipu, as conseqüências dos passivos ambientais da região de influência da empresa refletem diretamente no insumo base do seu negócio, que é a água armazenada em seu reservatório.

Assim, o programa de Gestão Territorial busca ordenar todas as informações existentes e as que estão em constante processo de aquisição, gerando um banco de dados conciso sobre a região. 

Portanto, o programa consiste em implementar políticas de investigação e de gerenciamento de informações territoriais, mediante a manipulação de dados socioeconômicos, ambientais e geográficos, com o emprego de técnicas de cartografia e de geoprocessamento, procurando gerar melhores resultados para a gestão ambiental.

Qualidade

O acesso democrático e de qualidade às informações territoriais e ambientais pelos diversos atores dos programas socioambientais da Itaipu é questão chave para auxiliá-los nas tomadas de decisão sobre a gestão territorial e indicação de soluções para corrigir os passivos.

Para isso a Itaipu fortaleceu suas unidades de TI (tecnologia da informação), tanto na margem direita (Paraguai) como na margem esquerda (Brasil), que passam por uma contínua estruturação e fortalecimento, com a contratação de profissionais qualificados e capacitados, aliada a uma política de atualização periódica dos dados geográficos.

Essa metodologia de trabalho beneficia todos os programas e projetos da Itaipu e dos municípios da região, que necessitam de informações territoriais e ambientais de qualidade.

Além da implantação e estruturação da Unidade de Geoprocessamento e da Unidade de Cartografia, o programa permitiu o desenvolvimento de aplicativos para o armazenamento e a disponibilização de informações territoriais e ambientais.

Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.