A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Mais Peixes em Nossas Águas
Tamanho da letra

O Brasil tem potencial pesqueiro como poucos países do mundo, pela quantidade de águas marítimas e continentais, entre elas os reservatórios de hidrelétricas, como o da Itaipu. A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) reconhece esse potencial, sustentando que o Brasil tem condições de, em poucas décadas, estar entre os maiores produtores de pescado do mundo.

A Itaipu, a partir da sua nova missão institucional em 2003, incorporou políticas públicas voltadas ao setor pesqueiro, tornando-se inclusive referência nacional na sua implantação. 

Atualmente, há mais de 850 pescadores residentes entre Foz do Iguaçu e Guaíra. A eles se somam-se famílias indígenas, além de assentados da reforma agrária, ribeirinhos e pescadores amadores. O reservatório da Itaipu tem uma produção anual de cerca de 1.300 toneladas de peixes com a pesca artesanal, sendo o mais produtivo da Bacia do Paraná. Entretanto, a produção da pesca artesanal é limitada por condições ambientais naturais  como pluviosidade, temperatura da água, níveis de produção primária, entre outros fatores.

É a partir desse contexto que a Itaipu entendeu a necessidade da criação do programa  Mais Peixes em Nossas Águas que, além de fortalecer a atividade da pesca, fomenta a aqüicultura por meio do cultivo sustentável pelo sistema de tanque-rede. A iniciativa também objetiva aumentar o consumo. 

Assim, a iniciativa busca promover a inclusão social e também proporcionar melhor qualidade de vida aos pescadores, promover o desenvolvimento sustentável da aqüicultura e piscicultura na região, produzir alimento com alto valor nutritivo, monitorar e conservar a biodiversidade, além de empreender ações de capacitação, assistência técnica e pesquisa e produção científica. 

O pacu, espécie nativa da bacia do Paraná, é a variedade cultivada pelos aquicultores, mas outras, como o lambari e piau três pintas estão sendo pesquisadas e testadas para serem produzidas. 

"Reservatório da Itaipu é capaz de fornecer 6.237 toneladas de peixes por ano"
Conteúdo Relacionado
Manual de Boas Práticas em Aqüicultura