A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Macrófitas aquáticas
Tamanho da letra
Desde 1995, a Itaipu monitora as macrófitas aquáticas no reservatório, em parceria com pesquisadores do Núcleo de Pesquisa em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura (Nupelia), Universidade Estadual de Maringá. Desde então, são monitorados 235 locais distribuídos ao longo dos oito principais braços do reservatório. 
 
Ao todo, já foram registradas 63 espécies de plantas aquáticas. Dentre as principais espécies de macrófitas encontradas, as espécies U. subquadripara e Hidrilla verticillata merecem destaque por serem espécies exóticas com grande potencial invasor. 
 
Os estudos indicam que as plantas aquáticas apresentam baixo potencial para causar algum prejuízo para a produção de energia. Entretanto, o monitoramento de Macrófitas Aquáticas é uma ação que, além de atender aos objetivos preventivos de controle, subsidiam outras ações e demonstram a importância dessas espécies para a conservação do ecossistema aquático e seu potencial de utilização em sistemas alternativos de tratamento de efluentes.
 
"64 espécies de plantas aquáticas já foram identificadas no reservatório"
Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.