A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Institucional
Itaipu compartilha tecnologia para combater a pandemia de covid-19
Tamanho da letra
20/05/2020

Em uma parceria com a força-tarefa I3DC (Impressoras 3D vs. Covid-19), que reúne diversas instituições na busca por soluções de enfrentamento ao coronavírus, a Itaipu Binacional cedeu a impressora 3D da Diretoria de Coordenação para a produção de peças para respiradores que serão doadas a instituições de Foz do Iguaçu.


Impressora 3D e as rolhas de TPU. Fotos: Eduardo Fontanetti.

Com tecnologia de modelagem por fusão e deposição (FDM), a impressora está produzindo rolhas de intubação de poliuretano termoplástico (TPU) para uso em respiradores. Elas diminuem a dispersão de aerossol no momento da intubação do paciente, reduzindo o risco de contaminação do ambiente e da equipe que realiza a intervenção.

“É uma peça simples, de baixo custo, mas muito importante, pois aumenta a segurança das equipes médicas que trabalham no combate à covid-19”, afirma o estudante de Medicina da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) e coordenador do Grupo I3DC, Arthur de Freitas Andrade.

Serão produzidas 110 rolhas: 50 para o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, 50 para as ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e dez para o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate).

No momento, há somente duas impressoras em Foz do Iguaçu capazes de imprimir peças em TPU, mas somente a da Itaipu está produzindo as rolhas. A outra máquina, que pertence à Unila, está sendo aproveitada em outros projetos. Com uma produção média de até 12 peças por dia, a estimativa é que até o final do mês todas as rolhas estejam concluídas.

Normalmente, a impressora é utilizada pelas equipes da Diretoria de Coordenação para modelagem e confecção de peças para os protótipos de mobilidade elétrica. “Nós fazemos, por exemplo, suportes para cabos e baterias dos projetos em que estamos trabalhando”, explica Eduardo Fontanetti, da Superintendência de Gestão Ambiental.

Segundo o coordenador do GT Estratégico da Covid-19 da Itaipu, coronel Jorge Áureo, assessor especial do diretor-geral brasileiro, Joaquim Silva e Luna, “a empresa tem se esforçado ao máximo para ajudar a sociedade como um todo no enfrentamento à pandemia. Essa é mais uma ação, entre várias outras com esse propósito”.

Força-tarefa

Além da Itaipu, o grupo intitulado “I3DC” é composto pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR), Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Universidade da Integração Latino-americana (Unila), Nishioka Eletrônica, CRTL 3D, Artesanato Iguassu, Pró-heróis Foz do Iguaçu, Foz Mil Grau, Criativa 3D e Colégio Sesi Internacional. O objetivo é produzir equipamentos que auxiliarão no combate à pandemia de covid-19.