La mayor hidroeléctrica del mundo en producción de energía

Gestão transparente
Tamaño de la letra
A Itaipu está sujeita a regras binacionais de fiscalização, auditoria e mecanismos de transparência e acesso a informação especiais, decorrentes do Tratado Internacional que a criou e rege, que se consubstancia em uma gestão conjunta e paritária.
 
A Itaipu tem um Código de Ética com respectivo Comitê de Ética binacional, uma Comissão Interna de Reclamações, ajustou-se à Lei Sarbanes-Oxley (SOX), implantou o pregão eletrônico binacional, adotou o Enterprise Resource Planning (ERP), da empresa SAP, e uma Ouvidoria, e ainda disponibiliza um canal denúncia e informações ao público externo.
   
A Lei Sarbanes-Oxley (SOX) é uma espécie de lei de responsabilidade fiscal que regulamenta os padrões de governança corporativa para companhias de capital aberto, coligadas, subsidiárias, que tenham ações negociadas nas bolsas de valores dos EUA, promovendo a reforma e a elevação dos níveis de prestação de contas, de transparência, de consistência e de ética empresarial.
     
A Itaipu, no Brasil, tem 50% (cinquenta por cento) de seu capital social de titularidade da Eletrobras, sociedade de economia mista esta que possui ações na Bolsa de Valores de Nova Iorque e está, portanto, sujeita ao cumprimento da Lei SOX.

O Sistema de gestão integrada dos procedimentos financeiros da empresa, o ERP-SAP, possibilitou à Itaipu otimizar e integrar ações e processos e propiciou um melhor gerenciamento das informações financeiras. Com todos os sistemas interligados, os processos otimizam-se e os custos diminuem.

Complementando a ampliação da transparência em sua gestão financeira, a Itaipu implantou um sistema de leilão reverso (ganha o fornecedor que oferecer menor preço) feito via internet. Trata-se de um caso único no mundo de pregão binacional. O sistema é todo online, em português e espanhol, e em três moedas: real, guarani e dólar. Além disso, o programa compatibiliza horários e feriados entre os dois países.

O pregão binacional se tornou um estudo de caso para órgãos do governo brasileiro que estão desenvolvendo um sistema de compras governamentais para o Mercosul. Um grupo de trabalho do Ministério do Planejamento está adaptando o modelo para um pregão eletrônico internacional.

 
Contenido Relacionado
No hay archivos disponibles.