A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Energia
Itaipu encerra março com a melhor produção mensal e trimestral da história
Tamanho da letra
02/04/2018

Itaipu bateu mais uma vez o recorde mensal de produção de energia chegando muito próximo da barreira dos 10 milhões de megawatts-hora (MWh) no mês. Com 9.879.972 MWh gerados, março de 2018 ficou marcado com a maior produção em um único mês nos quase 34 anos de operação da hidrelétrica.

As boas condições hidrológicas e uma coordenação refinada no planejamento hidroenergético entre Itaipu, Operador Nacional do Sistema (ONS), Ande (estatal paraguaia), Furnas e Copel permitiram ainda outro feito: o melhor trimestre histórico da usina, com 27.940.584 MWh gerados de janeiro a março deste ano. A alta performance é resultado, principalmente, de projeto e construção bem consolidados, somados à operação e à manutenção de qualidade.

A produção do mês de março seria suficiente para atender à demanda de energia do Estado do Paraná por quatro meses ou de todo o Brasil por sete dias. A do trimestre seria suficiente para atender ao consumo do Estado de São Paulo por três meses.

O diretor técnico executivo, Mauro Corbellini, atribui os dois recordes ao esforço das "valorosas equipes da área, que estão sempre empenhadas em fazer o melhor possível".

Números significativos

Itaipu vem acumulando uma sucessão de bons números recentemente. Nos últimos quatro meses, a hidrelétrica quebrou o recorde de geração mensal três vezes: dezembro de 2017, com 9.257.670 de MWh; janeiro de 2018, com 9.532.068 MWh; e agora, em março de 2018, com 9.879.972 MWh.

E em 2018, além do melhor mês e trimestre, a usina também obteve o melhor janeiro e bimestre e alguns recordes horários. A diferença entre os três primeiros meses de 2018 e 2016, ano do recorde mundial anual (da própria Itaipu), é de pouco mais de 9% em favor deste ano.

De acordo com a Superintendência de Operação (OP.DT), os números de 2018 são ainda mais significativos quando leva-se em consideração que a Itaipu vem trabalhando em vários projetos estruturantes para colocar em prática a modernização das unidades geradoras. “A continuar nesse ritmo, Itaipu poderá colocar 2018 dentre as cinco melhores marcas anuais de produção de energia”, afirma o superintendente de Operação, Celso Torino.

Na geração acumulada, Itaipu já produziu 2.539.970.825 MWh (2,54 bilhões MWh).

Performance

Alguns índices - obtidos graças ao trabalho dos profissionais da usina - ajudam a compreender melhor a alta produtividade de Itaipu. Um deles é de aproveitamento da água turbinável, ou seja, a efetivamente usada para a geração de energia. Para o trimestre, esse índice foi de 97,1%. Já a disponibilidade das unidades geradoras foi de 97,63%. O índice de indisponibilidade forçada, que mede o tempo em que as unidades geradoras ficaram fora de operação de forma não planejada, foi de apenas 0,13%.