A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Menu Superior Responsabilidade

Laser scanner terrestre
Tamanho da letra

O princípio de funcionamento dos equipamentos laser scanner é obter a distância entre o equipamento e os objetos de interesse através da medida de tempo da emissão de um pulso laser, seu contato com uma superfície e o seu retorno. Com o conhecimento da orientação da emissão desse pulso é possível densificar essa medição e, a partir dos pontos medidos, obter dados que permitem a modelagem espacial de objetos, superfícies e edificações.

A Itaipu opera atualmente com dois equipamentos que utilizam essa tecnologia:

  • Scanstation P50- Equipamento de mapeamento laser scanner estático;
  • Pegasus 2 Ultimate (P2U) - Equipamento de mapeamento laser scanner embarcado.

Estático

A Scanstation P50 é um equipamento robusto que realiza o mapeamento através de laser scanner em modo estático. Sua instalação e operação depende do tipo de levantamento a ser realizado.

É possível realizar um simples escaneamento de uma superfície para posteriormente modelá-la, ou efetuar levantamentos georreferenciados, orientando a Scanstation a partir de pontos conhecidos no sistema de referência desejado. Para superfícies e áreas de interesse maiores são realizadas diversas instalações, ou visadas, que posteriormente são unificadas em uma única nuvem de pontos que poderá ser trabalhada para os fins desejados.

Esse equipamento pode gerar 1 milhão de pontos por segundo e tem alcance de até mil metros.

A P50 é utilizada para as seguintes finalidades:

  • Levantamento de edificações e estruturas, nas partes interna e externa. Os dados gerados nesses levantamentos serão utilizados, também, na implementação do projeto BIM (Building Information Modeling) da Itaipu.
  • Levantamento de áreas de movimentação de terra para medição de volume movimentado em um intervalo de tempo;
  • Escaneamento de estruturas e formações rochosas para modelagem e acompanhamento temporal.

Móvel

O equipamento de levantamento laser scanner embarcado deve ser instalado em veículos ou embarcações com suporte adequado para a aquisição de imagens e dados laser em movimento.

Essa tecnologia utiliza, além da técnica de posicionamento laser scanner, sistema GNSS e sensor inercial, que permitem posicionar e orientar o equipamento e a nuvem de pontos gerada no escaneamento.

O P2U realiza a aquisição de 1 milhão de pontos por segundo e o alcance é de até 100 metros. 40 km/h é o limite de velocidade recomendado para a aquisição de dados com qualidade.

Alguns dos serviços realizados pela Itaipu com a utilização desse equipamento:

  • Levantamento, modelagem 3D, mapeamento de placas e sinalizadores de estradas e rodovias.
  • Levantamentos de dados periódicos para acompanhamento e estudo de erosão marginal do reservatório de Itaipu.

 

"Com as tecnologias de laser scanner, a Itaipu promove diversos estudos, desde a modelagem de estruturas ao acompanhamento da erosão de margens do reservatório."
Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.