A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Menu Superior Responsabilidade

Ecomuseu da Itaipu
Tamanho da letra

Preservar e desenvolver o patrimônio e a diversidade cultural, o fazer e as expressões artísticas, a criatividade e a inovação, promovendo o uso sustentável para o desenvolvimento local dos recursos culturais e patrimoniais da Itaipu Binacional, e de suas áreas de influência e interesse.


Ecomuseu da Itaipu. Foto: Alexandre Marchetti.

Na elaboração do “Plano Básico de Conservação do Meio Ambiente” em 1975, a Itaipu demonstrava preocupação com a preservação do patrimônio cultural da área afetada por sua criação e por meio de consultorias especializadas, e dentro das necessidades legais, elaborou-se diagnósticos e pesquisas para o reconhecimento, dimensionamento e proposição de soluções para o impacto que seria causado nestes locais.

Este compromisso foi reafirmado em seus documentos norteadores: “Plano Diretor do Reservatório” de 1982 e no “Plano Diretor de Gestão Ambiental” publicado no ano de 2000. Para tanto, foram realizados estudos, resgates e preservação do patrimônio arqueológico, histórico, faunístico, florístico e geológico da região dos 16 municípios que seriam afetados pela criação do Lago, e para garantir sua preservação o Ecomuseu de Itaipu foi criado.

Em 2003, foi proposta no planejamento estratégico de Itaipu a criação do Programa Valorização do Patrimônio Institucional e Regional, coordenado e desenvolvido pelo Ecomuseu de Itaipu Este foi idealizado para atuar, não como um museu tradicional, exclusivamente preservando coleções, mas para se colocar como um organismo suscetível e predisposto a participar do desenvolvimento e organização cultural da região sendo realizados acompanhamento e estímulo aos processos culturais regionais e à qualificação da gestão pública de cultura nos municípios da BP3, de modo a dinamizar a cultura em todas as suas dimensões: simbólica, cidadã e econômica.

Objetivos estratégicos da Itaipu relacionados:

  • OE 04. Desenvolvimento sustentável das áreas de influência, considerada as especificidades de cada país;
  • OE 08. Fomentar o desenvolvimento social, econômico, ambiental e cultural na área de influência, consideradas as especificidades de cada país;
  • OE 09. Conservar o meio ambiente e a diversidade biológica, integrando a comunidade;
  • OE 10. Potencializar o desenvolvimento turístico da região.
     

Resultados:
 

  • Parceiros: Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura, Secretaria de Comunicação Social e cultura do Paraná (SECC), Secretarias Municipais de Cultura, UNIOESTE, UNILA.
  • Realização de 03 eventos “Museu em ação”/ano com atividades de música, oficinas, exposições, feiras, atividades circenses e contação de histórias para comunidade e famílias de funcionários de Itaipu, com aproximadamente 3000 participantes por evento;
  • 6 exposições temporárias/ano realizadas com visitação média de 300.000 pessoas no Ecomuseu de Itaipu e região;
  • 5 exposições itinerantes realizadas/ano nos municípios da região, com 15.000 visitações;
  • Assessoria técnica para os museus da área de influência de Itaipu;
  • Circulação de espetáculos atendendo mais de 17.000 pessoas;
  • Realização de encontros regionais de cultura e de formações na área de cultura e patrimônio para gestores públicos e agentes culturais;
  • Conservação do acervo de mais de 15.000 itens do Ecomuseu de Itaipu;
  • Documentação do acervo;
  • Segurança e manutenção das coleções;
  • Visitas turísticas e institucionais de mais de 60.000 visitantes/ano.   
     
Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.