A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Monitoramento e Avaliação Ambiental
Tamanho da letra

Monitorar e avaliar a qualidade da água é uma tarefa imprescindível para a gestão dos recursos hídricos e para garantir a segurança hídrica. As informações disponibilizadas pelo monitoramento da água são a base para a realização de diversas ações da Itaipu na bacia hidrográfica e no reservatório.


Foto: Alexandre Marchetti - Itaipu Binacional

Essas ações consideram os problemas nacionais e regionais da qualidade das águas para abastecimento público, recreação, geração de energia e outros usos múltiplos, além da floração de algas indesejáveis e a proliferação excessiva de plantas aquáticas.

Diante desse cenário, torna-se imprescindível um programa de monitoramento e avaliação da qualidade da água que represente uma alternativa segura para verificar as necessidades reais das intervenções (controle e manejo) que serão desenvolvidas na região.

Portanto, o programa tem como objetivo principal fornecer parâmetros e indicadores que orientem e atestem os aspectos ambientais relacionados às ações desenvolvidas na bacia.

Objetivos estratégicos da Itaipu relacionados:

  • OE 7. Garantir a segurança hídrica, consolidando o processo de gestão socioambiental por bacia hidrográfica;
  • OE 9. Conservar o meio ambiente e a diversidade biológica, integrando a comunidade.  
  • OE 11. Fomentar a pesquisa e a inovação para o desenvolimento energético e tecnológico, com ênfase na sustentabilidade.

Parceiros:

IAP, Ineo, Parque Tecnológico Itapu e Unila.

Resultados:

  • No Reservatório e Bacia Hidrográfica do Paraná 3 são monitoradas 42 estações desde 1982.
  • No Reservatório há três estações automáticas que transmitem dados horários, telemetricamente, sobre a qualidade de água.
  • Estes dados indicam que a qualidade da água do Reservatório vem se mantendo historicamente boa, eventualmente alguns braços do Reservatório apresentam problemas de eutrofização, sendo os principais: Ocoí, São Francisco Verdadeiro e Falso.
  • Monitoramento de 21 microbacias quanto à presença de micropoluentes, os dados demonstraram que as concentrações de Atrazina e Glifosato e seus produtos de degradação encontram-se abaixo do limite preconizado pela Resolução CONAMA 357/05 para rios de classe 2.
  • A Balneabilidade das oito praias artificiais do reservatório é monitorada durante o verão. Na última temporada (2018/2019) todas estavam em condições próprias de uso.
Clique nos links abaixo para saber mais sobre ações relacionadas ao programa. 
 
Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.