A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Biodiversidade, Nosso Patrimônio
Tamanho da letra

Por meio das ações do programa Biodiversidade, Nosso Patrimônio, pretende-se dar proteção e conservação à biodiversidade regional, comprometida pela intensa interferência do homem nesta região ao longo do avanço da fronteira agrícola, principalmente nas décadas de 60 e 70.

Esse avanço acarretou o esgotamento e a destruição de grande parte dos recursos naturais, reduzindo os ambientes nativos a uma fração do que eram originalmente, e criando um isolamento que ameaça, ou em alguns casos condena, as populações silvestres à degeneração e conseqüentemente à extinção

Sendo assim, o programa Biodiversidade, Nosso Patrimônio abrange diversas iniciativas da Itaipu voltadas à conservação da biodiversidade e à melhoria da variabilidade genética da flora e da fauna regionais, tais como: as ações de manutenção das Áreas de Preservação Permanente (Faixa de Proteção do Reservatório) e dos Refúgios Biológicos, o acompanhamento da diversidade biológica, migração (Canal da Piracema) e estoque pesqueiro do lago, a pesquisa dos processos de reprodução e criação de animais silvestres da região ameaçados de extinção, e a pesquisa florestal.

Saiba mais sobre as diversas ações do programa:

Vale destacar que as ações na Itaipu no campo da biodiversidade são amplamente reconhecidas. De acordo com o Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, produzido pela Fundação SOS Mata Atlântica e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), entre 1985 e 2015, o Paraná foi o estado que mais contribuiu para a restauração da Mata Atlântica no Brasil, com 75.612 hectares (ha) regenerados. Dessa área, 28% (ou 20.957 ha) correspondem às ações da Itaipu na margem brasileira do reservatório. Saiba mais...

A Itaipu também apoia o Desafio de Bonn, esforço global que tem como objetivo restaurar 150 milhões de hectares de florestas no mundo inteiro até 2020 e 350 milhões de hectares até 2030. Para essa iniciativa, são contabilizadas ações desde 2005. Nesse período, a binacional plantou mais de 870 mil mudas em quase 500 hectares, além da formação do Corredor de Biodiversidade Santa Maria. Saiba mais...
 

 

 

" Programa inclui projetos e ações voltados à preservação da fauna e flora "
Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.