A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Monitoramento da pesca profissional
Tamanho da letra
A pesca profissional artesanal é uma das principais atividades exercidas no contexto dos usos múltiplos do reservatório. Atualmente, aproximadamente 800 pescadores profissionais artesanais, buscam o sustento de suas famílias nas águas do reservatório de Itaipu. A maioria destes pescadores reside nos 15 municípios lindeiros, estão organizados em 12 Associações e Colônias. Para o exercício da pesca os pescadores tem acesso preferencial nos 63 pontos de pesca autorizados pelo Ibama.
 
O monitoramento da atividade pesqueira no reservatório constitui a principal ferramenta, capaz de orientar possíveis medidas de manejo com finalidade de garantir a exploração sustentável dos recursos pesqueiros no reservatório de Itaipu. Em 1982, o represamento das águas do Rio Paraná formou o Reservatório de Itaipu com lâmina d´água contígua de 1.350 km2. Logo após,  em 1985 a pesca profissional artesanal foi regulamentada e legalizada.
 
Atualmente, o monitoramento é executado em parceria com 11 entidades de representação de classe dos pescadores profissionais, responsáveis em coletar e compilar as informações diárias das capturas realizadas no reservatório. Além dessas informações, também fazem parte do monitoramento da pesca o levantamento detalhado dos dados biológicos das espécies exploradas.
 
Esses dados são obtidos por amostragens mensais realizadas em locais de desembarque dos próprios pescadores. Também são relevantes os dados do cadastramento socioeconômico anual, preenchido pelos pescadores profissionais que atuam no Reservatório.
 
O histórico desse monitoramento retrata que a pesca praticada no reservatório é baseada na exploração de aproximadamente 70 espécies. Dessas, as mais abundantes são: a Curimba (Prochilodus lineatus), o Armado (Pterodoras granulosus) a Curvina (Plagioscion squamosissimus) a Perna de moça (Hypophthalmus oremaculatus) e o Barbado (Pinirampus pirinampu), que juntas representam em torno de 60% do volume capturado.
 
Esses dados demonstram também a produção pesqueira anual total do reservatório próxima a 1.300 toneladas. Outra informação importante é a captura por unidade de esforço (CPUE), estimada em torno de 10 kg de pescado/pescador/dia de pesca.
Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.