Turismo
Tamanho da letra
04/11/2011
Waldemar Niclevicz vence o desafio nas Cataratas do Iguaçu

O alpinista Waldemar Niclevicz, hoje, o principal cabo eleitoral das Cataratas a uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza, venceu nesta manhã de sexta-feira (4) uma tirolesa no maior conjunto de quedas d’água do planeta, ao lado de um turbilhão de 2 milhões e trezentos mil litros de água por segundo.

Entre 9h32 e 10h, Niclevicz cumpriu um percurso de mais de 250 metros, de ida e volta, suspenso no ar a uma altura de 80 metros na Garganta do Diabo, o maior salto das Cataratas do Iguaçu. Nas mãos, a bandeira promocional com a mensagem Vote Cataratas pedia a eleição do atrativo, que fica no coração do Parque Nacional do Iguaçu, na fronteira do Brasil com a Argentina.

Restam apenas sete dias para o final da campanha, que encerra no próximo dia 11 de novembro. As Cataratas estão entre as 28 finalistas. A travessia promocional foi acompanhada por dezenas de jornalistas. “Fiz a minha parte. Agora, é vez de vocês ajudarem a consagrar as Cataratas entre as Sete Maravilhas da Natureza”, disse o alpinista às equipes de tevê, ao descer do helicóptero ao final da tirolesa, repetida pela segunda vez no local em 10 anos.
 
“A sensação foi muito parecida com a que tive em 2001, porque este é um lugar singular. Não consegui conter as lágrimas lá no alto, com aquela sensação de estar sendo absorvido pela natureza, e ver como este lugar grandioso está justamente na cidade de Foz do Iguaçu, onde nasci”, completou Niclevicz, que vive em Curitiba. Em seu currículo, ele coleciona expedições ao topo do Monte Everest, na Cordilheira do Himalaia, e à montanha K2, a mais difícil de ser escalada no mundo.
 
“Esta foi a arrancada final para eleger o atrativo e colocá-lo onde ele merece estar: na lista das Sete Novas Maravilhas da Natureza”, disse o coordenador do Comitê Local de Apoio à Candidatura das Cataratas do Iguaçu e superintendente da Comunicação Social de Itaipu, Gilmar Piolla.

Segundo Apolônio Rodrigues, biólogo chefe de manejo do Parque Nacional do Iguaçu (PNI), a tirolesa foiuma ação decisiva” para obter os votos que faltam ao atrativo nesta reta final. “O Parque é mais conhecido pela visitação às Cataratas, mas é importante também para a conservação da natureza de toda a região sul do País”, explicou.

Para o gerente da Cataratas S.A, concessionária administradora do PNI, Adélio Demeterko, eleger as Quedas do Iguaçu é uma causa justa. “Hoje, Niclevicz mostrou a superação de mais um desafio e devemos seguir este exemplo”, completou.
 
Estrutura

Para a travessia, foram usados mais de 170 metros de cordas, com capacidade para sustentar até 3 mil quilos. O material ficou suspenso a 80 metros: altura equivalente a de um prédio de 30 andares.
 
A logística mobilizou mais de 10 pessoas, entre a equipe de apoio de Niclevicz e técnicos de Foz do Iguaçu. Para descer os fios de naylon especiais para montanhismo, foi usado até um mini-helicóptero de seis rotores – um hexacóptero –, operado por controle remoto e emprestado pelo aeromodelista Arthur Wernsdorf, de Foz do Iguaçu.
 
O aparelho, apelidado pela equipe de Niclevicz como “Avatar”, foi fundamental para  instalar as cordas. “Sem ele não teríamos conseguido instalar tudo em tempo hábil”, contou o alpinista.

 
A tecnologia também ajudou a registrar a passagem de Niecleviz pela Garganta do Diabo. Ele usou duas câmeras, uma nas mãos e outra no capacete, do tipo GoPro. “Para nós, é importante registrar esses momentos”, explicou.
 
No momento da ação, ainda havia poucos turistas no Parque Nacional do Iguaçu, que abre após às 9h. O casal de suíços Simone e Luigi Benincasa, que acompanhou de longe a aventura de Niclevicz, disse ter se emocionado com o cenário.
 
“Ver uma pessoa tão pequena no meio daquela quantidade de água faz com que sintamos ainda mais o poder deste lugar”, disse Simone.  “É um lugar maravilhoso, único no mundo. É nossa primeira vez aqui e ontem já votamos para eleger as Cataratas como uma das maravilhas da natureza”, afirmou Luigi. Faça como eles: vote no atrativo e ajude a colocar as Cataratas do Iguaçu entre as Sete Novas Maravilhas do Mundo.

Votação

Para votar nas Cataratas do Iguaçu a uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, basta acessar o site www.votecataratas.com, ou votar via SMS, enviando a palavra “CATARATAS” para o número 22046. O custo da mensagem é de R$ 0,37 + impostos.
 
Pelo celular, é possível votar quantas vezes quiser. O link da votação também pode ser acessado pela página do Vote Cataratas no Facebook (www.facebook.com/votecataratas).

Últimas Notícias