A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Meio Ambiente
Seminário sobre meio ambiente e setor elétrico está com inscrições abertas
Tamanho da letra
05/10/2017
Estão abertas as inscrições para o seminário O futuro da relação: Meio Ambiente e Setor Elétrico, organizado pela Itaipu Binacional e pelo Fórum de Meio Ambiente do Setor Elétrico (FMASE). A inscrição deve ser feita pelo site do FMASE: www.fmase.com.br. O evento acontece nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, em Foz do Iguaçu.
 
O seminário é voltado para profissionais que atuem na área ambiental e que tenham uma interface com o setor energético. O objetivo é mostrar a importância do setor elétrico brasileiro e a necessidade de se produzir energia de forma sustentável, trazendo uma contrapartida positiva ao meio ambiente.
 
“O setor elétrico fará uma reflexão sobre a importância da energia elétrica para o crescimento do País e vai abordar a interação entre a energia e a sociedade”, afirmou o presidente do FMASE, Enio Marcus Brandão Fonseca. Para ele, o seminário servirá para expor os ajustes que precisam ser feitos para dinamizar o setor, especialmente em relação às questões de regulação ambiental.
 
Segundo Fonseca, a força de trabalho do setor elétrico brasileiro é estimada em 238 mil trabalhadores diretos, além de 464 mil indiretos. O setor movimenta a economia com mais de R$ 200 bilhões por ano. “O setor elétrico é muito grande e tem uma importância enorme para o País”.
 
O evento será dividido em duas partes. No primeiro dia, serão debatidos temas como gestão sustentável e tecnológica, os desafios do licenciamento ambiental e a matriz energética brasileira. A programação do segundo dia prevê uma visita à usina hidrelétrica de Itaipu e aos projetos socioambientais mantidos pela empresa na região. Confira a programação no link: https://goo.gl/ssXPo3.
 
Durante o jantar de encerramento, será lançado o livro “O Setor Elétrico e o Meio Ambiente”, de Adriana Coli – Consultora e Assessora Jurídica do FMASE. São esperados 250 participantes do setor e órgãos afins, como Agência Nacional de Águas (ANA), Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Ibama e Empresa de Pesquisa Energética (EPE), entre outros.