A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

A Gazeta do Iguaçu
Volume de negócios deve bater recorde no Festival de Turismo
Tamanho da letra
17/06/2010

Os números impressionam. Somente para a quinta edição do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu, os coordenadores preveem a superação de volume de negócios, que em 2008 chegou a US$ 10 milhões, e a expectativa é que o número de participantes seja superior a 4.500 pessoas.

     

Durante o evento, que segue até sexta-feira, palestrantes de cinco países abordam temas variados em minicursos, workshops e mostras que acontecem pela primeira vez no evento, tendo como foco o turismo. Além do festival, paralelamente acontecem o Hotel Show e o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, também instalados no parque de eventos do Hotel Rafain.

   

A cerimônia de abertura, realizada na noite de ontem, contou com um espetáculo inédito do Coral de Itaipu, acompanhado por orquestra e banda. A apresentação foi realizada em dois atos, nos quais foram interpretados primeiramente clássicos da música latino-americana e, em seguida, música brasileira. Logo após o evento, um coquetel com a degustação de vinhos vindos de Toledo foi realizado.

 

Ao ato estiveram presentes autoridades locais como o diretor geral brasileiro da Itaipu Binacional Jorge Samek e o vice-prefeito Chico Brasileiro e convidados. Também participaram representantes do setor de Turismo do Paraguai, representantes dos governos de Missiones e Córdoba na Argentina, representantes do Ministério do Turismo, além de todos os gerentes-comerciais Brasil/Sul da TAM, além dos palestrantes e profissionais ligados à qualificação e à estruturação do turismo.

       

O evento este ano ganhou incremento na programação. "Nos concentramos este ano em reunir vários eventos junto ao Festival do Turismo e demos continuidade a outros já realizados ano passado, como a Feira de Negócios, o Fórum Internacional Científico, rodada de negócios. Para este ano agregamos o Hotel Show e a Feira de Hotelaria, todos compartilhando o centro de convenções, pois temos público em comum", disse Jaime Nascimento, um dos coordenadores do festival.

    

Para Faisal Saleh, que preside o Instituto Polo Iguassu, também idealizador do evento, um dos principais atrativos será a Mostra de Turismo Sustentável. "Temos uma semente muito importante sendo plantada, que é projeto do Polo concebido para funcionar dentro do festival que trabalha com a sustentabilidade do turismo." No espaço serão apresentadas diversas amostras de projetos da região trinacional. Entre os exemplos está trabalho do Ministério do Turismo que trará apresentação do chamado turismo de base comunitária, além de projetos como o desenvolvido em tribos indígenas na Argentina, compensação de carbono no turismo, entre outros.

  
Ações

  

Na tarde de ontem o Conselho Consultivo de Turismo realizou reunião bimestral, com atenção para as ações voltadas ao turismo em Foz. A tarde seguiu com reunião da Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux. "Essa foi uma estratégia da coordenação para reunir temas correlatos e trazer maior número de interessados dentro do turismo."

    

Este ano a união de eventos ligados ao turismo numa única semana, de acordo com o superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, é uma demonstração de integração e mostra do fortalecimento do Destino Iguaçu. "Com esta edição ultrapassamos os eventos como Festival de Turismo de Gramado, o BNT Mercosul em Penha (SC), Salão Paranaense do Turismo, e se firma como um dos maiores eventos de turismo do país. Desenvolver o turismo para nós é o maior trabalho de responsabilidade social que a Itaipu pode ter."

    

Em 2009 a quantificação de negócios fechados no festival não foi plenamente realizada. Para este ano a mesma sistemática do Salão Brasileiro de Turismo será utilizada pelo Sebrae, que organiza a rodada de negócios. "Acreditamos em volumes superiores a US$ 10 milhões alcançados em 2008", disse Nascimento.

     

Outro detalhe também lembrado pelos organizadores, além da venda do destino e dos negócios dentro da feira, foi a movimentação na cidade. "Só de caravanas são dois mil participantes. A rede hoteleira está lotada e ocupam 100% nesse período. O que também nos alegra, pois não estamos num feriado", completou Saleh.

     

A programação ganha continuidade hoje, com minicursos, Mostra de Turismo Sustentável, e apresentação de trabalhos acadêmicos.