A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

H2Foz - PR
Unila irá oferecer 20 cursos a partir de 2009
Tamanho da letra
19/11/2008

A Universidade Federal de Integração Latino-Americana (Unila), que será inaugurada em 2009, em Foz do Iguaçu (PR), na tríplice fronteira da Argentina, do Brasil e do Paraguai, oferecerá inicialmente 20 cursos de graduação e pós-graduação.

 

Segundo o professor Hélgio Trindade, presidente da comissão de implantação da universidade, designada pelo Ministério da Educação, grande parte dos cursos “foge do padrão tradicional do que está sendo oferecido pelas universidades da América Latina. Eles atenderão áreas prioritárias para a integração do continente”.

 

O projeto pedagógico da Unila foi a pauta principal da reunião de integrantes da comissão de implantação que terminou hoje (18), em Curitiba.

 

O professor não adiantou os cursos que foram definidos na reunião e explicou que essa informação deverá ser repassada primeiramente ao ministro da Educação, Fernando Haddad. Ele, assegurou, entretanto, que houve consenso nas decisões tomadas. “Teremos o cuidado de manter os cursos sempre com o viés inter e transdisciplinar e passando pela temática latino-americana”, afirmou.

 

A Unila será instalada provisoriamente no Parque Tecnológico de Itaipu, com a admissão de 700 alunos – 350 brasileiros e 350 de outros países latino-americanos. O projeto da terceira universidade federal do Paraná prevê que, em cinco anos, 10 mil alunos já tenham sido beneficiados e 500 docentes contratados, metade dos quais brasileiros e a outra metade dos demais países da região.

 

O Projeto de Lei nº 2.878/08, que propõe a criação da Universidade Federal de Integração Latino-Americana (Unila), já aprovado por unanimidade na Comissão de Trabalho, de Administração e de Serviço Público da Câmara dos Deputados, será votado amanhã (19), na Comissão de Educação e Cultura da Câmara, já com parecer favorável de seu relator, Ângelo Vanhoni (PT-PR).