A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Gazeta do Povo - PR
O que é Felicidade Interna Bruta?
Tamanho da letra
21/09/2009

Você já ouviu falar em FIB? Pois fique sabendo que Felicidade Interna Bruta é o novo índice da moda, que desbancou a renda per capita, o PIB (Produto Interno Bruto) e IDH (Índice de Desen­­volvimento Humano) por considerar não só as condições econômicas de um povo, mas também por medir se ele vive bem, se tem saúde, se está comprometido com o meio ambiente, se o seu governo é eficiente. O medidor foi criado nos anos 70 pelo rei do Butão, Jigme Singye Wangchuck, para tentar orientar o desenvolvimento do país após anos de isolamento e pobreza. São nove as dimensões contempladas pelo índice: bem-estar psicológico, uso racional do tempo, vitalidade da comunidade, cultura, saúde, educação, diversidade do meio ambiente, padrão de vida e governança.
  

O Butão tinha uma política isolacionista até o rei Wangchuck abrir as fronteiras na década de 80. Em 2006 ele abdicou ao trono em favor do filho e implantou a democracia no país. Antes, já havia revolucionado criando o FIB. Hoje o país é visto como exemplo a ser seguido. Mais de 70% do território tem cobertura vegetal original e há investimentos na área de turismo ecológico. Em 1982, a expectativa de vida era de 43 anos, hoje é 65. A mortalidade infantil caiu de 163 a cada mil crianças nascidas para 52 por mil.
 

A Itaipu Binacional, em parcerias com o Instituto Visão Futuro, vai realizar em novembro a 5ª Conferência Inter­nacional sobre Felicidade Interna Bruta, com a participação da re­presentante do FIB na ONU, Susan Andrews. E como a ideia é que o índice possa ser aplicado tanto em governos quanto em empresas privadas, a Itaipu Binacional tem trabalhado na propagação do índice, com ações como o lançamento do livro Compêndio de Indicadores de Sustentabilidade de Nações – Uma Contribuição ao Diálogo da Sustentabilidade, de Anne Loue­­tte, e palestra sobre FIB nas em­­­presas durante a conferência.