A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Jornal Vale Paraibano
Itaipu é destaque em Foz do Iguaçu
Tamanho da letra
26/09/2007

Um dos destinos turísticos mais visitados de Foz do Iguaçu (PR), a usina hidrelétrica de Itaipu surpreende pelo tamanho e pelos números que envolvem sua construção e operação.

Considerada pela Sociedade Americana de Engenharia Civil uma das sete maravilhas do mundo moderno, a usina oferece ao turista durante a semana visitas monitoradas por suas instalações e o espetáculo noturno de iluminação da mega-estrutura.

Um conjunto de oito praias artificiais formadas pelo lago de Itaipu, passeios de barco e de helicóptero, visitas ao Ecomuseu de Itaipu, Refúgio Biológico Bela Vista e o Canal da Piracema complementam o leque de opções turísticas.

"Abrimos a usina para a visitação. Além da estrutura, a iluminação já é impactante. Vamos construir nosso novo centro executivo com um projeto do Niemeyer. Contamos com praias artificiais e teremos brevemente um passeio de catamarã de Foz do Iguaçu a Guaíra", disse o diretor geral brasileiro da usina binacional, Jorge Miguel Samek.

ROTEIROS - O roteiro de visitações às instalações da usina é dividido de acordo com o perfil do turista. O circuito turístico especial é o roteiro mais completo, com cerca de duas horas de duração e custo de R$ 30.

A visita conta com passagens pelo interior da usina e paradas em pontos estratégicos, como o topo da barragem, a sala de comando central, as galerias onde estão instaladas as turbinas e as "catedrais" de concreto armado.

Atualmente, somente o complexo turístico de Itaipu recebe cerca de 700 mil visitantes por ano.

GRANDIOSIDADE - Localizada na região da Tríplice Fronteira, em Foz do Iguaçu (PR), a usina hidrelétrica de Itaipu é recheada de superlativos.

Passando pela construção da represa, número de funcionários envolvidos com a mega-estrutura, volume d'água represado e geração de energia, tudo é grandioso em Itaipu.

Para se ter uma idéia, somente uma das 20 unidades geradoras da represa fornece energia suficiente para abastecer uma cidade com 2,5 milhões de residências.

Com 196 metros de altura e 7,7 quilômetros de extensão, a barragem principal equivale a um prédio de 65 andares. O volume total de concreto usado na construção da usina seria suficiente para construir 210 estádios de futebol como o Maracanã, no Rio de Janeiro.

A vazão de somente duas das turbinas da represa é igual à média da vazão das cataratas do Iguaçu. Já a vazão média do vertedouro (usado para extravazar o excesso de água represada), corresponde a 40 vezes a vazão das cataratas.

A Usina Hidrelérica de Itaipu está distante cerca de 20 quilômetros das cataratas e é um empreendimento binacional, desenvolvido pelo Brasil e pelo Paraguai no rio Paraná, na divisa entre os dois países.

A energia de Itaipu percorre cerca de 900 quilômetros de distância, desde a usina até o Estado de São Paulo.

Mais de 40 mil operários participaram da construção da usina, iniciada em 1975 com a escavação do canal de desvio do rio Paraná. Em maio de 1984, a usina começou a gerar energia.

O recorde de produção de energia da usina foi registrado em 2000, com a geração de 93.428 mil megawats. Esta é a maior produção de energia já alcançada por uma hidrelétrica em todo o mundo.

 

Marcelo Pedroso
Foz do Iguaçu