A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Paraná Online
Foz do Iguaçu espera 4 mil para Festival de Turismo
Tamanho da letra
04/06/2008

O 3.º Festival Internacional de Turismo acontece em Foz do Iguaçu entre os dias 25 e 28 deste mês e o número de inscrições já é três vezes maior que o registrado neste mesmo período do ano passado. A expectativa dos organizadores é reunir pelo menos quatro mil pessoas, o dobro de 2007. Nesta edição, mais de 500 estrangeiros de 20 países devem marcar presença no encontro e gerar negócios de cerca de US$ 10 milhões.

 

Entre os objetivos do evento está o fortalecimento do turismo na região trinacional ao longo de todo o ano. Isso porque a maioria dos participantes é composta por agentes de viagens, empresários e representantes do setor hoteleiro, entre outros profissionais ligados ao trade turístico. Ou seja, são agentes multiplicadores, que irão divulgar Foz do Iguaçu e região em suas cidades de origem.

 

Anualmente, mais de 1 milhão de turistas visitam Foz do Iguaçu, o roteiro mais procurado da região Sul do Brasil. O principal trunfo dos organizadores para convencer os operadores das vantagens de oferecer Foz do Iguaçu como roteiro turístico é apresentar as belezas da região.

 

“Vamos mostrar nosso potencial para receber os turistas aqui”, afirma Paulo Angeli, presidente do Comtur (Conselho Municipal de Turismo), um dos organizadores do festival.

 

Angeli destaca que a parceria de empresas públicas e privadas tem sido fundamental para o sucesso do evento, que está em seu terceiro ano consecutivo. São instituições como a TAM, CVC, Itaipu, Sebrae, entre outras. “Vamos transformar Foz do Iguaçu em um grande centro de negócios durante o festival”, salienta.

 

Entre os expositores, já está confirmada a presença de secretarias estaduais de Turismo das províncias de Missiones, Rosário e Chaco, na Argentina; Ministério de Turismo do Paraguai; secretarias estaduais de Turismo do Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina; Secretaria de Turismo de Belo Horizonte (MG); Sebrae, além de comitivas do México, Peru, Chile, Argentina, Uruguai e Bolívia.