A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Revista AutoData
A força do verde - Palio Weekend elétrico: já em 2008
Tamanho da letra
30/04/2008

2008 promete ser movimentado no centro de pesquisa, desenvolvimento e montagem de veículos elétricos de Itaipu, em Foz do Iguaçu, PR. Com a homologação do Palio Weekend Elétrico obtida junto ao Denatran no fim de 2007, e concluída a documentação legal para formalização de participação das empresas do sistema Eletrobrás no projeto, começou a produção em série de cinqüenta protótipos.

 

Os testes das primeiras quatro unidades confirmaram suas principais características: autonomia de 120 quilômetros, velocidade máxima de 130 krn/h e 8 horas para recarga da bateria. Pesando 1 tonelada 29 kg o Palio Elétrico transporta até 342 kg. Seu motor elétrico trifásico tem potência máxima de 28 kW - cerca de 21 cv -, mas a relação de transmissão de energia é mais eficiente do que nos motores convencionais, o que lhe confere desempenho semelhante à versão 1.0 litro. A bateria de 160 kg de níquel e cloreto de sódio, sal puro, é considerada uma solução ecológica: todos os componentes podem ser reciclados.

 

Segundo o engenheiro Celso Novais, coordenador do projeto, "serão quatro unidades montadas por mês e, no segundo semestre, aumentaremos o ritmo para oito para atingir a produção total de cinqüenta até o fim do ano". Elas serão utilizadas por diversas empresas do sistema Eletrobrás.

 

Cada protótipo custa cerca de € 26 mil, coisa de R$ 70,2 mil, mas acreditam os técnicos de Itaipu que o custo de produção em série poderá ser semelhante ao dos carros populares a combustão fabricados hoje no País. Na fase atual do projeto o Palio Elétrico tem 50% de seus componentes nacionalizados, índice que deve aumentar nos próximos anos com a evolução das parcerias.

 

A Fiat, que tem contrato temporário de exclusividade para produção comercial, é hoje um dos principais parceiros no que diz respeito à construção, já que participa com o veículo-base. No quinto ano da parceria qualquer montadora poderá obter licença por meio de negociação com as patentes individuais de cada parceiro para produção em escala industrial.

 

Mas, por enquanto, a parceria com o Grupo Fiat tende a se tornar mais intensa: a Iveco fornecerá seu modelo Daily para montagem de um utilitário elétrico.

 

Por Luis Carlos Beraldo