A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

H2Foz
Festival de Turismo vai compensar emissão de CO2
Tamanho da letra
21/06/2010

A quinta edição do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu vai compensar a emissão dos Gases do Efeito Estufa através do plantio de árvores nativas. O evento terminou na sexta-feira, 18, e reuniu mais de 4,5 mil participantes no Rafain Palace Hotel & Convention Center em Foz do Iguaçu.
   
Organizadores do evento foram convidados pelo diretor de vendas da Palmares geoprocessamento e análise ambiental, Cláudio Evaldo de Sousa Júnior, a plantarem no fundo do hotel algumas mudas de árvores. O superintendente de Comunicação Social da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, foi o escolhido para o plantio da primeira árvore.
   
No ato do plantio o diretor informou que o Festival de Turismo, gerou 64 toneladas de Dióxido de Carbono (CO²). As fontes de emissões podem ser o combustível gasto pelos participantes para se descolar até o evento, ou a impressão de material gráfico utilizando papel. 

    
Para chegar a esse número a empresa utilizou o GHG Protocol, uma ferramenta científica, que permite analisar o conjunto das emissões geradas pelas atividades de uma empresa, setor econômico, produto, evento e até mesmo de um indivíduo. 

    
Para compensar a emissão serão plantadas 311 mudas de árvores em um local escolhido pela empresa, geralmente em alguma área de preservação permanente que precisar ser recuperada.
   
As árvores serão monitoradas pela empresa por três anos, e nesse período o cliente receberá relatórios de evolução das mudas. A preferência é pelas árvores nativas da região, e o plantio é feito uma vez ao ano, geralmente nos meses de agosto, setembro e outubro.