A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Gazeta do Povo - PR
Cervo do Pantanal nasce em Refúgio Biológico de Itaipu
Tamanho da letra
07/08/2008

Um filhote de cervo do Pantanal, espécie em extinção segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), nasceu em cativeiro no Refúgio Biológico de Itaipu, em Foz do Iguaçau, no Oeste do Paraná, no dia 15 de julho.

 

Segundo o veterinário Zalmir Cubas, o animal é saudável e está sendo monitorado para tomar medicamentos e curativos necessários. “Agora temos que ter alguns cuidados iniciais que não podem faltar. Cuidados com a anemia e a desverminação”, afirma.

 

RPC TV

 

Espécie ameaçada de extinção nasce em cativeiro na cidade de Foz do Iguaçu.

 

Saiba mais Animais soltos levam perigo a motoristas no Noroeste do PR
O filhote é uma fêmea e recebeu o nome de Preciosa pelos veterinários do local. Ela pesa 5 quilos e 650 gramas, tem meio metro de comprimento e 40 centímetros de altura.

 

Antes do nascimento do animal, a mãe foi levada a um local separado para dar à luz. Mãe e filhote vão ficar juntos por quatro meses até Preciosa desmamar. Após este período, ambos seguem para o convívio com os outros animais da espécie.

 

Agora são seis cervos no Refúgio Biológico de Itaipu, sendo quatro fêmeas e dois machos. Hoje já são sete filhotes nascidos em três anos no local. Os animais adultos podem pesar até 150 quilos e chegar a dois metros de comprimento com de com 1,70 centímetros de altura.

 

De acordo com Cubas, este é um resultado muito bom e contribui para a conservação da espécie.