A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Menu Superior Responsabilidade

Rede de Combate à Exploração Sexual Infanto-Juvenil
Tamanho da letra

Pesquisa do Centro de Referência, Estudos e Ações Sobre Crianças e Adolescentes (Cecria), com apoio da Organização dos Estados Americanos (OEA), indica que há no Brasil mais de 200 rotas de tráfico para fins sexuais, com a existência de uma conexão dessa prática com o crime organizado e as redes internacionais.

A região da tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, é uma dessas rotas. Neste contexto, a Itaipu aderiu à Rede de Combate à Exploração Sexual Infanto-Juvenil.

A Rede de Combate à Exploração Sexual Infanto-Juvenil promove campanhas de conscientização e capacitação de pessoas trabalhadoras dos setores de turismo, educação e saúde.

A Itaipu passou a fazer parte do programa em 2003.

"Tríplice fronteira é rota de tráfico para fins sexuais"
Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.