A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Parques Aquícolas
Tamanho da letra

As iniciativas do projeto Mais Peixes em Nossas Águas também contemplam a capacitação no curtimento artesanal de couro de peixe.

O Banco do Brasil, em sua linha de programas de inclusão social, contempla em dois municípios o atendimento a aproximadamente 50 pescadores e mais de 50 piscicultores com créditos do programa Desenvolvimento Rural Sustentável. O desenvolvimento desse programa ocorreu em conjunto com a Itaipu, colônias de pescadores, Emater, sindicatos e prefeituras.

Com objetivo de promover a sustentabilidade do projeto e atender a legislação vigente, forma demarcados e licenciados três parques aqüícolas, que juntos têm potencial para produzir mais de 6 mil toneladas/ano. Após a emissão do licenciamento desses parques, os primeiros do país, a Seap realizou licitação pública pela qual 72 pescadores, assentados e indígenas foram contemplados com lotes.

Além dos três parques aquícolas, em parceria com a Palmares (empresa incubada no Parque Tecnológico Itaipu), foram estudados os 18 braços restantes na margem brasileira do reservatório. Com esse mapeamento, tornaram-se conhecidas todas as áreas que poderão ser licenciadas para aqüicultura. Somente nesses 18 braços, estima-se que o potencial produtivo é de 9 mil ton/ano, ou seja, 9 vezes a produção atual da pesca artesanal.

A parceria com a Seap tem facilitado às colônias de pescadores o acesso ao kit feira, e hoje dois municípios promovem semanalmente a feira do produtor com a inclusão de peixe.

Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.