A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta

Laboratório de Tecnologia de Concreto
Tamanho da letra

O Laboratório de Tecnologia do Concreto foi concebido para oferecer suporte à construção de Itaipu. Atua desde 1975 desenvolvendo atividades relacionadas ao controle e à qualidade das estruturas em concreto e à análise tecnológica de materiais de construção básicos do concreto, desde sua origem. A área de ação do Laboratório também inclui mecânica dos solos e das rochas e geologia aplicada.

A atuação sistemática do Laboratório assegurou parâmetros avançados de segurança, qualidade e economia a um dos maiores projetos de engenharia em volume de concreto do mundo, o que não seria possível tão somente com ensaios convencionais de “trabalhabilidade” e “resistência axial simples” ou controles estatísticos tradicionais.

No que se refere ao local da barragem, os estudos geotécnicos desenvolvidos pelo Laboratório permitiram confirmar os parâmetros geomecânicos da fundação, por intermédio de sondagens executadas para o tratamento da fundação, recomendado pelo projeto. Este tratamento envolveu a execução de cortinas de injeção com 300 km de furos, o consumo de 4.500 toneladas de cimento e 100 km em furos de cortina de drenagem, tudo executado para aliviar as subpressões atuantes na fundação.

Atualmente, os relatórios técnicos e pesquisas elaboradas pela equipe do Laboratório, os dados obtidos, as soluções adotadas e os comentários pertinentes ao projeto de Itaipu formam um rico acervo disponível a pesquisadores. Este conhecimento também subsidia a realização de uma ampla série de ensaios, testes e análises relacionados ao controle de qualidade, segurança e instrumentação de obras de engenharia.

O Laboratório realiza:
- Estudos e dosagens (traços) de concreto, atendendo a condições pré-estabelecidas;
- Determinação das propriedades térmicas de aglomerantes, agregados, pastas, argamassas e concretos;
- Determinação das propriedades físicas e elastomecânicas de cimentos, agregados, materiais pozolânicos, elastômeros, resinas epoxídicas, pastas, argamassas, aços e concretos;
- Análise química de cimento, material pozolânico, água, aditivos e agregados;
- Caracterização e compactação de solos;
- Cisalhamento e compressão simples de rochas;
- Sondagem a percussão (SPT);
- Estudos de caldas de cimento;
- Calibração e aferição de instrumentos de auscultação e de laboratório;
- Instrumentação de estruturas, monitoramento e análise da consistência dos resultados;
- Reinstrumentação e inspeção de barragens.

Conteúdo Relacionado
Não existem arquivos disponíveis.